Esta turma do axé está devendo R$ 48 milhões em imposto para o governo

Pelo menos oito bandas e artistas de axé music figuram na lista de devedores do governo federal, acumulando cerca de R$ 48 milhões em débitos.

O levantamento, feito pelo BuzzFeed Brasil, encontrou 16 empresas ligadas ao artistas que foram inscritas na chamada “Dívida Ativa da União”. Essas dívidas podem incluir imposto de renda, previdência e FGTS, além de multas.

No total, foram 256 autuações.

Essa lista é pública e apresenta aquelas empresas e pessoas que foram autuadas pelo governo e ainda não pagaram os valores. O governo coloca também empresas que questionam as cobranças na Justiça, mas que não ofereceram garantias para o pagamento ou que não conseguiram suspender o processo. Os dados costumam ter, no máximo, sete dias de atraso até serem atualizados no site. As dívidas de FGTS demoram um pouco mais, até 75 dias.

Estes são os artistas:

1 – Claudia Leitte – R$ 22,5 milhões

Duas empresas ligadas a Cláudia Leitte aparecem na lista de devedores. Foram 36 autuações do governo em cobranças contra a Ciel Empreendimentos Artísticos, incluindo dívidas com a Previdência. Já a 2T’S Entretenimento é alvo de 12 cobranças.

Em nota enviada pela assessoria da artista, o advogado Alessandro Dessimoni disse que “os débitos fiscais das empresas 2TS e Ciel estão sendo discutidos judicialmente, portanto pendentes de julgamento – o que significa que estamos analisando o parcelamento dos débitos de acordo com o novo Programa de Regularização Tributária”.

2 – Bell Marques – R$ 12,4 milhões

Bell Marques, na verdade, é Washington Bell Marques da Silva. Ele tem cinco empresas ligadas a seu nome com dívidas com o governo: Núcleo 55, 7+7, Granola Produções, CCB e Mazana. Ele foi alvo de 49 autuações.

3 – Carlinhos Brown – R$ 5,1 milhões

A produtora de Carlinhos Brown, Nariz de Borracha, já tomou 32 autuações até aqui, incluindo com o INSS.

4 – É o Tchan – R$ 4,6 milhões

You may also like...