19 imagens que resumem a tragédia e o horror da crise de refugiados na Europa

1.
Migrantes e refugiados se aglomeram do lado de fora da Estação Ferroviária de Budapeste pela segunda noite consecutiva ontem.

2.
Mais de 150.000 pessoas chegaram à Hungria esse ano, sendo que a maioria veio pela fronteira sul com a Sérvia, viajando de lugares como Síria, Afeganistão e África Subsaariana.

3.
A Hungria respondeu à crise construindo uma cerca ao longo da fronteira com a Sérvia.

4.
As pessoas do lado de fora da estação de trem estão atualmente em um impasse com a polícia húngara, pois tentam viajar para outros países europeus.

  • >

5.
Essa manhã, a Sky News noticiou que nenhum trem internacional sairá da estação.

6.
As fronteiras do país com a Áustria e a Eslováquia foram fechadas, de acordo com a CNN.

Pessoas pernoitam atrás de grades em uma estação subterrânea próxima à estação de trem Keleti, em Budapeste, Hungria, no dia 2 de setembro de 2015.

7.
Alemanha, Itália e França pediram que as leis de asilo da Europa fossem revistas, tendo em vista o despertar da crise.

8.
A Grã-Bretanha foi criticada pela imprensa americana por se recusar a aceitar mais migrantes.

9.
Entretanto, David Cameron disse que “receber mais e mais refugiados” não é resposta para a crise.

10.
A Alemanha espera receber cerca de 800.000 migrantes esse ano – a Grã-Bretanha disse que não receberá mais do que mil.

11.
Na semana passada, 71 pessoas morreram em um caminhão que viajava da Áustria a Budapeste.

12.
Enquanto isso, milhares de migrantes têm chegado à Grécia continental.

13.
Na quarta-feira, pessoas que tentavam cruzar a fronteira da Grécia com a Macedônia entraram em confronto com a polícia na fronteira, de acordo com a revista Time.

Homem e garoto presos entre a polícia de choque da Macedônia e migrantes durante um confronto próximo à estação de trem Idomeni, na fronteira norte da Grécia, em 21 de agosto de 2015.

14.
A Macedônia declarou estado de emergência na quinta-feira para lidar com a crise.

Abed Hadi, de 19 anos, alimenta seu sobrinho enquanto espera para cruzar a fronteira da cidade de Idomeni, no norte da Grécia, para o sul da Macedônia.

15.
A BBC informou que cerca de 44 mil pessoas viajaram pelo país nos últimos dois meses, e que arames farpados foram colocados na fronteira para evitar que mais pessoas entrem.

Criança enrolada em um saco de dormir enquanto espera próximo à estação de trem de Idomeni, na fronteira norte da Grécia, em 18 de agosto de 2015.

16.
Gauri van Gulik, diretora da Anistia Internacional na Europa, disse à emissora: “As autoridades macedônias estão respondendo como se estivessem lidando com arruaceiros ao invés de refugiados que fugiram de conflitos e perseguições”.

Um menino sírio chora enquanto seu pai o carrega em uma colina íngreme para chegar à fronteira entre Grécia e Macedônia, próximo a Idomeni, em 3 de setembro de 2015.

17.
Muitos dos que chegaram inicialmente nas ilhas gregas estão tentando ir até o norte da Europa.

Iranianos discutem com a polícia de choque grega enquanto esperam seus registros próximo a uma estação policial na ilha grega de Kos, segunda-feira, 17 de agosto.

18.
Mais de 3 mil pessoas chegam às ilhas gregas todos os dias.

Uma mulher síria carrega seu filho após sua chegada de manhã cedo em um bote na ilha de Kos, sudeste da Grécia, na quinta-feira, 20 de agosto de 2015.

19.
O governo grego fretou navios para levarem mais de 4 mil pessoas partindo de Lesbos, conforme o The Independente.

Um homem chega com seu filho na costa da praia de Kaya, próximo à vila de Skala Sikaminea, na ilha de Lesbos, ao sudeste da Grécia, no dia 21 de agosto de 2015.

You may also like...