12 lembranças da escola que não deixaram exatamente saudades

1.
Se você tentava estudar depois do almoço, permanecer acordado era a parte mais difícil da matéria.

Por mais que gostasse de ler, era só pegar os livros da escola que batia aquela moleza.

2.
Toda vez que quisesse ir ao banheiro precisava pedir e todo mundo ficava sabendo.

Muitas vezes era o único jeito de dar um tempinho da aula.

3.
E ter que contar os minutos para a hora do recreio, que parecia não chegar nunca.

Apesar que o recreio, em si, bem que poderia existir também na vida adulta.

4.
Ninguém mais na vida vai poder te obrigar a fazer educação física.

Nem prática nem teórica.

5.
Tá bom que, agora, você mesmo se obriga a ir para a academia.

Mas também, não quiser malhar, não precisa inventar uma história para o instrutor da academia.

6.
Se você ia mal na prova, tinha que dar explicação para o professor E em casa.

E para cada um era uma desculpa diferente.

7.
Outra que dificilmente deixa saudades é a figura do bedel.

Tá bom que às vezes você teve que se explicar para o síndico.

8.
Seu chefe não faz a chamada todos os dias, chamando cada funcionário pelo nome.

Não quer dizer que você possa faltar toda hora, mas pelo menos não precisa gritar “aqui!”.

9.
A sensação de não ter entendido nada da matéria mas ter vergonha de falar porque todo mundo parecia estar tranquilo.

Aí depois você falava discretamente pros seus amigos: “tô boiando”.

10.
Ter que decorar matéria saiu da sua lista de perrengues cotidianos.

No lugar disso, você está sempre conferindo se o VR caiu.

11.
Lição de casa não faz mais parte da sua vida.

Até porque o trabalho ocupa o dia todo.

12.
E sabe o que mais pode ficar no passado? Trabalho em grupo.

Maior foco de tretas de todo o sistema educacional.

Veja também:
18 provas de que a aula de Educação Física era seu pior pesadelo
17 momentos de zoeira inesquecíveis que você viveu em aulas vagas

You may also like...